CACHOEIRA DO SUL PREVISÃO
Ricardo Peró Job

Luzes & Sombras

Ditadura
A Constituição foi definitivamente rasgada neste Brasil da ditadura do Judiciário. Hoje, o STF e o TSE têm o poder de decidir o que é mentira e o que é verdade. Também decidem quem e até mesmo onde alguém pode expressar publicamente a sua opinião política. Pois esta semana, a decisão favorável a ação movida pelo PL no Tribunal Superior Eleitoral pedindo cerceamento da liberdade de expressão de "artistas" num festival de "música" - se é que os sons exibidos no local podem ser assim chamados- fez com que os apoiadores de violências semelhantes contra jornalistas, blogueiros e políticos provassem do próprio veneno. Este humilde colunista vem avisando desde o início da onda censora que atingiu o país que "pau que bate em Chico, também bate em Francisco". Em uma ditadura, o "cale a boca" vale para todos. Ironicamente e para desespero maior dos "lacradores" e apoiadores da censura, incluindo os coleguinhas da mídia, o próprio presidente Bolsonaro exigiu do PL, seu atual partido, a retirada da ação. Mas não era ele que queria a volta da ditadura no Brasil?

Ditadura II
Não basta só prender políticos e jornalistas pelo crime de opinião. Na terça-feira que passou, o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes determinou a suspensão de Marcus Vinicius de Vasconcelos Ferreira da presidência do PTB por pelo menos 180 dias. A alegação foi de que teria recebido denúncias apontando que o ex-presidente do partido, Roberto Jefferson estaria ainda interferindo em decisões do partido. Ferreira é aliado de Roberto Jefferson. Como se não bastasse, o ministro do STF também determinou a obrigatoriedade do uso de tornozeleira para o deputado Daniel Silveira. O parlamentar é perseguido por Moraes por supostas "ameaças à democracia". A deputada Bia Kicis, presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, defendeu o deputado nesta terça-feira que passou, exigindo a revogação da prisão e das medidas de contenção determinadas por Moraes. Finalmente o Parlamento se insurge contra as estripulias inconstitucionais do ministro.

Canalhice
Enquanto o país luta para sair da crise econômica provocada por duas pandemias seguidas (o governo Dilma Rousseff e a Covid 19) e projetos importantes já aprovados na Câmara dormem nas gavetas do Senado, seu presidente, Rodrigo Pacheco faz andar uma PEC que acrescenta mais um penduricalho para as carreiras no Judiciário: os quinquênios. Para quem não sabe, os quinquênios são aumentos de 5% nos salários dos membros do Judiciário a cada cinco anos trabalhados.

Cacoetes stalinistas
Na União Soviética de Stalin, fotos comprometedoras, principalmente ao lado de ex-amigos que haviam caído em desgraça política eram descaradamente alteradas. Eram apagadas as imagens dos personagens constrangedores. Pois não é que mais de setenta anos depois o PT segue adotando a farsa, em mais numa tentativa ridícula de enganar a população? Esta semana, uma foto do dublê de ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio da Silva, o "Lula" num evento de comemoração do centenário do PC do B usando um relógio da marca Piaget, avaliado em R$ 79 mil, foi postada por Gleici Hoffmann, a "Narizinho" na página do partido na internet. Pouco depois a foto foi retirada por algumas horas, voltando adulterada: o caro relógio, como por encanto, sumira do pulso de nosso herói. A emenda saiu pior que o soneto: foto já viralizara nas redes sociais.

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

(51) 3724-4368 | (51) 9-9745-8687 | CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL