CACHOEIRA DO SUL PREVISÃO
lei aldir blanc

Prêmio Trajetórias Culturais encerra inscrições na terça-feira

Mais de mil inscrições já foram recebidas pelo Instituto Trocando Ideia, promotor da premiação, em parceria com a Sedac.

Encerram na próxima terça-feira, 9/3, as inscrições do Prêmio Trajetórias Culturais - mestra Sirley Amaro, executado pela Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) e pelo Instituto Trocando Ideia - formalizado por meio de Chamada Pública e financiado através da Lei Aldir Blanc, com o objetivo de facilitar o acesso aos recursos da lei para um dos segmentos mais afetados com a pandemia do coronavírus, a cultura. O Prêmio Trajetórias é de reconhecimento do Estado e da sociedade civil para as pessoas que vivem da cultura e transformam vidas por meio da arte nas diferentes comunidades. 

Nesta sexta-feira, 5/3, às 10h, acontece uma live tira-dúvidas, com transmissão simultânea nas fanpages da Sedac (Facebook/rs.sedac) e do Trocando Ideia (Facebook/PontodeCulturaTrocandoIdeia). Participam o diretor de Fomento da Sedac, Rafael Balle, a presidenta do Instituto Trocando Ideia, Fabiana Menini, e os articuladores de Redes de Cultura do Trajetórias Culturais, André de Jesus e Luciana Fagundes.

O edital contemplará 1,5 mil trajetórias culturais de pessoas físicas (CPF), distribuídas nas nove Regiões Funcionais dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), no valor de R$ 8 mil para cada premiação, totalizando R$ 12 milhões. Os inscritos poderão apresentar as suas trajetórias nos seguintes segmentos culturais: audiovisual; artesanato; artes visuais; circo; culturas populares; cultura viva; dança; diversidade linguística; livro, leitura e literatura; música; teatro; memória e patrimônio; e museus. A selec?a?o tambe?m contemplara? pontuac?a?o especi?fica para diversidade e pessoa fi?sica, sendo 51% para cotas sociais - autodeclarados pretos, pardos, indígenas, quilombolas, ciganos, mulheres trans/travestis, homens trans e Pessoas com Deficiência (PCDs).

As inscrições podem ser feitas pelo site www.premiotrajetoriaculturalrs.com.br, através de duas modalidades: formulário escrito ou envio de link em vídeo. Também há a possibilidade de fazer a inscrição por teleatendimento, no número 0800-300 95 95, que funciona de segunda a sábado, das 8h às 18h. Em qualquer uma das modalidades, a pessoa deverá narrar a sua trajetória cultural. Os critérios de avaliação são os mesmos em qualquer uma das modalidades: relevância, impacto e tempo de atuação.

O Prêmio presta homenagem a mestra griô Sirley Amaro, pelotense, nascida em 1935 e falecida em 2020, por ter contribuído, significativamente, com os saberes tradicionais, com a cultura popular e com o programa Cultura Viva, do extinto Ministério da Cultura. Sirley disseminou e protegeu os conhecimentos ancestrais do povo negro do Rio Grande do Sul, durante anos e ficou conhecida em outros estados do país por sua atuação na conservação e perpetuação do conhecimento da cultura negra.

Mais informações sobre o prêmio estão disponíveis no site do Instituto Trocando Ideia (www.premiotrajetoriaculturalrs.com.br) ou pelo e-mail: premiotrajetoriaculturalrs@gmail.com.


Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

(51) 3724-4368 | (51) 9-9745-8687 | CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL