CACHOEIRA DO SUL PREVISÃO
Judô

Brasil é bronze por equipes no Mundial de Judô

O judô brasileiro conquistou neste domingo, 13/6, no último dia do Mundial, a sua terceira medalha na competição, a terceira de bronze. O triunfo desta vez veio na prova por equipes mistas, que agora é disputa olímpica.

A competição conta com seis atletas, entre homens e mulheres, em cada equipe. Assim, são seis lutas e, se houver empate em 3 a 3, um sétimo confronto é definido por sorteio.

Em Budapeste, o Brasil estreou vencendo com Cazaquistão, mas perdeu nas quartas de final para o Uzbequistão. Na repescagem, passou sem sustos pela forte Geórgia.

A disputa pelo bronze foi contra o time que representa a Rússia, suspensa do esporte internacional como país. Eduardo Katsuhiro perdeu o primeiro confronto, mas Maria Portela empatou. Rafael Macedo também perdeu a dele e de novo coube a uma mulher empatar: Bia Souza.

Na quinta luta, David Moura foi escalado para lutar e colocou o Brasil na frente. O bronze veio no último confronto, com imobilização de Ketleyn Nascimento.

Em Tóquio, porém, o Brasil deverá ter dificuldades nessa prova. É que Ketleyn não conseguiu vaga, Rafaela Silva está suspensa, e o país não terá representantes na categoria até 57kg, que faz parte da disputa por equipes.

Provavelmente Larissa Pimenta, da modalidade até 52kg, terá que lutar contra atletas mais pesadas. Com esse bronze por equipes, o Brasil fecha o Mundial com três medalhas bronzeadas.

As outras duas foram de Bia Souza e Maria Suelen Altheman, no peso pesado. A comissão técnica deve definir nas próximas horas qual das duas vai a Tóquio. Suelen deve ser a escolhida, para ir à sua terceira Olimpíada.

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

(51) 3724-4368 | (51) 9-9745-8687 | CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL