CACHOEIRA DO SUL PREVISÃO
tênis

Federer anuncia que não poderá disputar oitavas de Roland Garros por lesão

Roger Federer, que está tentando retornar ao mais alto nível depois de duas cirurgias no joelho direito em 2020, anunciou neste domingo, 6/6, sua desistência de disputar a partida das oitavas de final em Roland Garros marcada para segunda-feira contra Matteo Berrettini, de acordo com os organizadores.

"Depois de conversar com a minha equipe, decidi que deveria me retirar do torneio de Roland Garros hoje (domingo). Após duas operações no joelho e mais de um ano de reabilitação, é importante ouvir o meu corpo e não ir muito longe rápido no retorno às competições. Estou muito feliz por ter vencido três jogos. Não há melhor sensação do que estar de volta às quadras", disse o suíço, citado em um comunicado da Federação Francesa de Tênis (FFT), organizadora do torneio.

Na noite de sábado para domingo, Federer lutou por 3 horas e 35 minutos com portões fechados para eliminar o alemão Dominik Koepfer (59º) 7-6 (7/5), 6-7 (3/7), 7-6 (7/4) e 7-5.

"O torneio de Roland Garros lamenta a aposentadoria de Roger Federer, que proporcionou uma luta magnífica na noite passada. Ficamos todos maravilhados em ver seu retorno a Paris, onde disputou três partidas de alto nível. Desejamos a ele o melhor para o restante temporada", declarou o diretor do torneio, Guy Forget, no comunicado da FFT.

O ex-nº 1 do mundo, e atualmente 8º, havia insinuado pouco depois daquela partida que não tinha certeza se conseguiria chegar às oitavas de final.

A perspectiva, em caso de vitória sobre Berrettini, seria jogar contra Djokovic nas quartas de final, ou talvez contra Nadal nas semifinais.

"Tenho que decidir se continuo jogando ou não. Não é muito arriscado continuar forçando (meu joelho)? Não é o momento certo para descansar?", se perguntou em uma entrevista coletiva, aludindo ao torneio de Halle, que começa em 14 de junho e que dá início à temporada de grama.

Depois de retornar à competição em março, após duas operações no joelho direito em 2020, o suíço fez de Wimbledon seu principal objetivo.

"Em cada jogo, devo reavaliar a situação e ver no dia seguinte pela manhã em que estado eu acordo e como está meu joelho. Talvez ainda mais depois de um jogo tão longo como o de hoje", disse o suíço.

Federer, que em breve fará 40 anos, saboreou a vitória na terceira rodada e de forma mais geral sua campanha no torneio, o único Grand Slam em que não conseguiu repetir um título (após o que conquistou em 2009).


Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

(51) 3724-4368 | (51) 9-9745-8687 | CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL