CACHOEIRA DO SUL PREVISÃO
seleção

Fifa, Anvisa e Polícia Federal se manifestam sobre suspensão do jogo Brasil e Argentina

A suspensão do jogo entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa de 2022, na tarde deste domingo, 5/9, envolveu a seleção, polícia, autoridades sanitárias e esportivas.

O problema ocorreu após agentes da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) entrarem no campo para retirar quatro jogadores da seleção argentina.

Segundo a Anvisa, os atletas descumpriram a quarentena contra a disseminação do coronavírus e prestaram declarações sanitárias falsas. Três deles estavam em campo quando a partida começou. A Conmebol acabou suspendendo o jogo.

O que diz a Anvisa

A Anvisa afirma que o goleiro Emiliano Martinez, as meias Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero, que atuam no futebol inglês, cumpriu quarentena pois passou pela Inglaterra nos últimos 14 dias. Antes, eles viajaram direto para a Venezuela para jogar. A Agência também alega que os jogadores anotações sanitárias falsas no formulário ao entrar no Brasil e que foram avisados ??diversas vezes desde a tarde de sábado, 9 de abril, que não pode ir ao estádio. Por conta do descumprimento dos jogadores, a Agência acionou a Polícia Federal.

A Polícia Federal, por usa vez, disse que tentou buscar jogadores no hotel e, depois, no vestiário, mas a Argentina não liberou a entrada e, por isso, afirmam que tiveram que entrar no campo junto com os agentes da Anvisa.

O que diz a Fifa

Em nota, a Fifa se manifestou sobre o caso na manhã desta segunda-feira. A Federação disse que o caso será analisado por uma comissão disciplinar. Não informado, porém, o prazo para isso tampouco se a partida será remarcada e quando.

Como o jogo era disputado pelas eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, em 2022, como as sanções que podem ser aplicadas em relação às seleções serão aplicadas pela entidade máxima do futebol mundial. A federação disse lamentar como cenas que procederam a suspensão do jogo.

"A Fifa lamenta as cenas que precederam a suspensão da partida entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, o que privou milhões de torcedores de partida uma partida entre duas das mais importantes seleções do mundo. Os relatos oficiais já foram encaminhados à Fifa. Essas informações serão analisadas pelo corpo disciplinar competente, e a decisão será tomada no devido tempo ", diz a nota publicada pelo Twitter da entidade.

A primeira tarefa da Federação será avaliar dois relatórios: o do árbitro da partida e o do delegado do confronto. A Comissão é integrada por 19 membros, e, após a análise dos relatórios, existe a possibilidade de se buscar esclarecimentos com todas as partes envolvidas.

Existem vários cenários para a decisão da entidade, desde a marcação de uma nova dados de partida, até a punição com multa e a declaração de um vencedor. Após o anúncio da Comissão Disciplinar, ainda é possível recorrer ao Comitê de Apelação da Fifa e, por fim, ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

(51) 3724-4368 | (51) 9-9745-8687 | CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL