CACHOEIRA DO SUL PREVISÃO
Febre aftosa

Jornada NESPro debaterá o status de zona livre sem vacinação

Foto: Divulgação

A evolução do status sanitário do Rio Grande do Sul para zona livre de febre aftosa sem vacinação é, sem dúvida, uma das grandes notícias do ano para o agronegócio, em especial a pecuária de corte. A partir dele, as oportunidades para o Rio Grande do Sul devem crescer consideravelmente. E esse é um dos temas a ser abordado na XVI Jornada NESPro & V Simpósio Internacional sobre Sistemas de Produção de Bovinos de Corte, que acontece nos dias 8 e 9 de setembro, integrando a programação da 44ª Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

O evento é promovido pelo Núcleo de Estudos em Sistemas de Produção de Bovinos de Corte e Cadeia Produtiva da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (NESPro/UFRGS), Revista AG e Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac).

No primeiro dia, a programação tem o painel "Oportunidades e desafios, no cenário nacional e internacional, frente ao novo status sanitário do Rio Grande do Sul", que vai reunir diferentes lideranças para debater o futuro da cadeia produtiva de carne bovina com a nova condição sanitária. Um dos painelistas, o presidente do Sindicato Rural de Dom Pedrito e proprietário da Fazenda Santa Thereza Agricultura e Pecuária, José Roberto Pires Weber.

O segundo painel do dia é "Experiências e estratégias de zonas livres de aftosa sem vacinação" e terá como painelista o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, proprietário da OD Consultoria e membro da World Agriculture Forum (WAF), Osler Desouzart. Sua exposição será focada no impacto para o mercado de carnes causado pela China e perspectivas futuras.

Os inscritos no evento poderão assistir a palestras e painéis sobre o futuro da cadeia de carne e também enviar resumos de pesquisa científica nas áreas de Nutrição Animal, Reprodução Animal, Sistemas de Produção e Agronegócio.

Nesta edição, o NESPro organizou diálogos e discussões sobre o assunto mais importante do ano para o segmento e que exigiu mudanças no processo de criação e comercialização de gado: a evolução para o novo status sanitário, o qual determina que o Rio Grande do Sul é zona livre de febre aftosa sem vacinação.

As inscrições para participar das palestras podem ser feitas até o dia 9 de setembro.


Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

(51) 3724-4368 | (51) 9-9745-8687 | CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL