CACHOEIRA DO SUL PREVISÃO
Conexão Delta G

Pecuária de corte retoma valorização de seus produtos em 2020

Conexão Delta G tem resultados positivos em programas de melhoramento genético alavancando demanda por animais das raças Hereford e Braford.

Rejane Costa
Foto: Katega Vaz
Patrícia Wolf

O ano para a pecuária gaúcha foi de muitos desafios e incertezas, mas o setor conseguiu encerrar de forma exitosa a sua temporada de vendas em 2020. Depois de enfrentar nos últimos anos momentos difíceis, foi possível agora registrar uma retomada na valorização dos produtos pecuários e do agronegócio como um todo. Para os associados da Conexão Delta G, que têm a sua produção baseada nas raças Hereford e Braford, a comercialização de reprodutores na Temporada de Primavera foi muito positiva. 

De acordo com a presidente da entidade, Patricia Wolf, apesar de todas as dificuldades vividas pelo agronegócio e mais os problemas impostos pelo enfrentamento da pandemia de Covid-19, é preciso comemorar neste final de ano, com cautela, os bons negócios fechados. "Sempre procuramos analisar os motivos do nosso sucesso para que ele siga ocorrendo, mas também buscando mudar o que precisa melhorar. Vemos no crescimento da venda de sêmen, que a Conexão acompanhou o que estava ocorrendo no país. Portanto, este aumento é consistente e não deve retroceder", observa, destacando que a demanda pelos animais produzidos pela Conexão se deve à seleção de características produtivas feita pela entidade e seus associados.

Em relação à venda de sêmen, Patrícia ressalta o Programa Touro Jovem, cujos animais se destacam no Sumário de Touros da Conexão. "É um programa consistente. Linhagens inteiras de animais foram ponteiras na sua geração no nosso Sumário de Touros, então é natural que haja uma demanda por estes exemplares que têm já a sua produtividade comprovada", observa. A dirigente também coloca como importante nestes resultados o trabalho da entidade referente à resistência ao carrapato, realizado junto com a Embrapa, Gensys e com apoio da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB).

Patrícia lembra, ainda, uma das novidades lançadas neste ano que foi o Índice de Facilidade de Parto. "É muito importante oferecer animais com estes dados que são impactantes na produção, uma vez que esta característica é importante para os indicadores de eficiência do rebanho", informa. Segundo ela, além da experiência dentro da porteira, a Conexão Delta G está sempre procurando ouvir seus clientes. "A ideia é fazer cada vez mais a seleção para características produtivas, saber o que o criador está procurando e o que precisa ser melhorado".

Para 2021, a entidade vai seguir aperfeiçoando o seu trabalho de melhoramento genético para a pecuária de corte, por entender que se trata de uma ferramenta que contribui para melhorar a qualidade da produção. "Vamos aperfeiçoar ainda mais o Índice de Facilidade de Parto e agregar novos projetos esperando que estes momentos difíceis passem e o agronegócio possa trabalhar trilhando no rumo certo", conclui Patricia.


Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

(51) 3722-4368 | (51) 9-9945-8687 | CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL